CONSULTÓRIO: 31 3262-3538

Os probióticos são microrganismos vivos que recompõem de forma positiva a flora intestinal. Eles têm a capacidade de atravessar o tubo digestivo e, no intestino grosso, reduzem a multiplicação de bactérias que provocam doenças, protegendo o indivíduo. São essenciais para todas as pessoas, mas têm papel ainda mais importante durante a gestação.

Os probióticos mais comuns são os lactobacilos e as bifidobactérias. Eles atuam no processo de digestão dos alimentos e ajudam na absorção dos nutrientes. Além disso, são aliados no controle do colesterol e na estimulação das células do sistema imune. Entre os vários benefícios do uso de probióticos na gravidez estão:

  • Auxílio na regularização do trânsito intestinal, prevenindo constipações;
  • Redução da formação de gases;
  • Proteção do intestino;
  • Fortalecimento do sistema imunológico. Combate enfermidades como gripes e infecções diversas
  • Traz sensação de bem-estar;
  • Maior disposição;
  • Menor irritabilidade;
  • Equilíbrio do humor;
  • Redução das chances de depressão;

Ao ajudar na lenta absorção dos nutrientes presentes nos carboidratos, os probióticos auxiliam, ainda, no controle do peso e na redução das chances de as mamães desenvolverem diabetes gestacional. Eles também diminuem o risco de pré-eclâmpsia e, depois do parto, auxiliam no retorno mais rápido ao peso pré-gestacional.

Pesquisas mostram que os probióticos reduzem as chances de o bebê nascer com sobrepeso ou de ter obesidade na fase adulta. Outros estudos associam o consumo a uma maior proteção intestinal, diminuindo a probabilidade de a criança desenvolver alergias alimentares. Tentantes também podem fazer uso de probióticos, afinal, eles representam um importante reforço para o sistema imunológico antes da gravidez.

Os probióticos estão presentes nos seguintes alimentos:

  • Kefir
  • Coalhada
  • Leite fermentado
  • Chucrute
  • Missô
  • Molho de soja
  • Kombucha
  • Iogurtes brancos

Em forma de suplementos, eles podem ser encontrados nas versões em sachês ou cápsulas. Converse com sua #nutri para que ela esclareça sobre a necessidade de você consumir ou não os probióticos e sobre qual seria o mais recomendado para você.

 

Leia mais: