CONSULTÓRIO: 31 3262-3538

Falamos no Instagram sobre como a ingestão de energético não é uma boa ideia para afastar o sono e o cansaço natural da gravidez. Uma lata de 250 ml pode conter 80 mg de cafeína, enquanto um cafezinho expresso tem entre 40 e 75 mg.

A fórmula sódio + cafeína + açúcar não é indicada para ninguém, muito menos para quem precisa cuidar tanto de tudo o que ingere. Além de fazerem o pâncreas trabalhar mais para liberar insulina, esses ingredientes provocam um aumento repentino dos níveis de glicose no sangue, seguido por uma queda também repentina. Essa “montanha-russa” nunca é positiva.

Para a futura mamãe que se sente muito sonolenta e cansada, uma boa alimentação é fundamental para ter mais disposição. Além da cafeína, fuja também de:

Gorduras e açúcares

Evite alimentos processados. Além de todo o mal que fazem, comidas cheias de gorduras e açúcares são mais difíceis de serem digeridas, promovendo uma sensação de moleza e desgaste físico.

Jantar

Ao invés de jantar, faça um lanchinho leve antes de dormir. Mais uma vez você afugenta a sensação de má digestão, que atrapalha uma boa noite de sono. Um copo de leite morno com mel e torradas ou chá de camomila com bolachinhas salgadas é uma boa pedida.

Dieta pobre em cálcio e potássio

Garanta que o consumo de cálcio e potássio esteja adequado. Isso ajuda a evitar a ocorrência de câimbra, que muitas vezes atrapalha o sono ou a prática de atividades rotineiras. Ingira cálcio por meio do leite e seus derivados e potássio em frutas como banana, abacate e melão.

Poucas vitaminas e minerais

Carências nutricionais como a falta de ferro (anemia ferropriva) ou de vitamina C deixam o corpo mais cansado e a gestante mais vulnerável a infecções.

Sedentarismo

Após o sinal verde do seu médico, pratique algum exercício físico, mas sempre respeitando os seus limites. A prática regular de atividade física na gestação ajuda a reduzir a ansiedade, melhora a circulação e te deixa mais disposta.