CONSULTÓRIO: 31 3262-3538

“Mulher grávida deve comer por dois”. Quem nunca escutou essa frase por aí? Mas, na verdade, essa recomendação é apenas mais um dos mitos sobre a gravidez. Abusar da comida só aumenta o risco de ganhar peso excessivamente e ter complicações desnecessárias, como o diabetes gestacional. Estudos também indicam que a obesidade da mãe aumenta o risco de o filho ter doenças congênitas.

É pela dieta materna que o feto obtém tudo o que precisa para se desenvolver plenamente. Portanto, equilíbrio, variedade e qualidade são imprescindíveis na alimentação durante a gestação. É essencial adotar uma dieta rica em frutas, verduras e legumes. Mas e o que fazer com aquele apetite voraz que faz a gestante ter vontade de comer tudo que aparece em sua frente?

É natural ter um maior apetite durante a gestação devido às transformações metabólicas no corpo da mamãe. Há uma tendência para uma queda rápida de glicemia e maior produção de peptídeos, substância que gera a sensação de insaciedade. Além disso, há uma redução dos movimentos peristálticos no trato digestório, que faz seu corpo pedir por “mais comida”. Mas basta mais 300 calorias nas 2 mil indicadas diariamente para um adulto para você e seu bebê ficarem bem.

A fome que parece nunca ter fim na gravidez pode ser causada também pela ansiedade característica do novo período, especialmente no último trimestre, quando os enjoos já se foram e a expectativa pelo parto aumenta.

Confira 7 dicas para controlar a fome excessiva da gravidez:

1 – Coma de 6 a 8 vezes por dia, intercalando as refeições principais com lanches leves.

2- Mastigue devagar os alimentos. Ao comer sem pressa, você dá tempo para os hormônios digestivos “comunicarem” ao cérebro que você já está satisfeita.

3- Deixe lanchinhos leves sempre à mão em casa, no trabalho ou no carro. Assim, quando bater aquela fome, você não corre o risco de sucumbir à tentação de algo gorduroso e não saudável. Vale fazer “pacotinhos” de oleaginosas, como nozes, castanhas e amêndoas. Iogurtes, frutas ou mesmo cenourinhas também são muito bem-vindos.

4- Aumente a ingestão de líquidos, mas dê preferência para sucos naturais. Bebidas prontas, como suco de caixinha, contêm muito açúcar.

5- Substituta arroz, massas e pães brancos por suas versões integrais, que são mais saudáveis e garantem maior sensação de saciedade.

6- Invista em legumes e hortaliças em suas refeições.

7- Diminua o consumo de sal. Esses alimentos alteram o paladar e despertam a vontade de comer doce.

Procure ainda praticar exercícios de respiração e meditação para combater a ansiedade. Se a fome está sem controle, procure sua nutri! 😉

 

Leia mais: