CONSULTÓRIO: 31 3262-3538

Celebramos hoje, dia 29 de agosto, o Dia Nacional de Combate ao Fumo. A data foi instituída nos anos 80 para alertar a população brasileira dos riscos associados ao tabaco. Que toda grávida deve ficar longe do cigarro você já deve saber. Mas também está ciente da relação direta entre o tabaco e a fertilidade? Se na gestação ele provoca risco de aborto e parto prematuro, além de prejudicar o desenvolvimento do feto, o cigarro representa um grande obstáculo ao sucesso das tentantes.

Substâncias tóxicas do cigarro, em especial a nicotina, alteram a capacidade do corpo de produzir hormônios que regulam a ovulação. Mulheres que fumam têm maior propensão à menstruação irregular ou sua completa ausência (amenorreia). Além disso, o tabaco torna os óvulos mais suscetíveis a anomalias genéticas.

Pesquisas científicas demonstram que mulheres que fumam precisam de duas vezes mais tentativas de fertilização in vitro do que as que não usam tabaco. Tentantes que realizam esse tipo de tratamento precisam de mais drogas para estimular os ovários. Logo, têm menos óvulos e são bem menos sucedidas. O risco de um embrião gerado por um homem fumante ser anormal e consequentemente rejeitado pelo organismo da mulher, também é maior.

O tabaco ainda reduz o volume de ejaculações e a capacidade de mobilidade dos espermatozoides. Mulheres que são fumantes passivas também não estão livres dos perigos causados pelo cigarro.

Segundo a Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva (ASRM), homens e mulheres que fumam tem até três vezes mais chances de sofrerem de infertilidade do que não-fumantes.

Diante de tantos males causados pelo cigarro, que tal assumir hoje mesmo o compromisso de parar de fumar?

Confira 7 dicas para te ajudar a abandonar o vício:

1- Mude seus hábitos associados ao tabaco

2- Beba água na hora da abstinência

3- Fique longe de bebidas alcoólicas

4- Esconda fósforos, isqueiros e cinzeiros

5- Avise todos que parou de fumar

6- Mantenha-se ativo. Leia, dê uma volta, adquira um novo hobby.

7- Procure grupos de apoio.

 

LEIA MAIS:

Dieta low carb é permitida durante a gestação?

Álcool durante a gravidez: só um pouquinho pode?

Como aliviar os enjoos durante a gravidez