CONSULTÓRIO: 31 3262-3538

Recentemente, eu até  fiz um post em minhas redes sociais abordando aquela clássica frase: “quando eu engravidar, minha dieta será perfeita”. E você que me acompanha já sabe que a  dieta perfeita deve acontecer antes, durante e depois da gestação. Este período dos 1.000 dias representa a janela de oportunidades da nutrição

 

E quando falo de pré-concepção, me refiro especificamente aos três meses que antecede a fecundação. Durante estes 90 dias, é importante incluir na alimentação nutrientes que serão essenciais para preparar o corpo tanto da mulher como do homem para gerar uma nova vida.

 

Anotem aí os nutrientes que não podem faltar: ferro, vitamina B12, vitamina D, Acido Fólico, lodo.  O ferro é um mineral de extrema importância no desenvolvimento do feto. Ele pode ser encontrado nas carnes vermelhas, peixes, beterraba, gema de ovo, frutas secas, leguminosas entre outros. 

 

A vitamina B12  é importante para a produção de células vermelhas no sangue. Para isso é importante comer vegetais, grãos integrais, carne, peixe e leite. Já a vitamina D é um hormônio fundamental para o bom funcionamento do organismo. Baixos níveis deste nutriente podem provocar aborto espontâneo ou até mesmo a infertilidade.  

 

As principais fontes alimentares de vitamina D são as carnes, peixes e frutos do mar, como salmão, sardinha e mariscos; ovo, leite, fígado, queijos e cogumelos. Para que ela seja sintetizada, além de consumir os alimentos,  é preciso expor a pele ao sol, sem protetor, por cerca de 15 minutos diariamente.

 

O folato, também conhecido como Ácido Fólico, é especialmente importante para a concepção. A vitamina é essencial para a saúde cardiovascular e do sistema nervoso. Iniciar a gestação com níveis recomendado deste nutriente vai garantir um bom desenvolvimento do feto. O folato pode ser encontrado em vegetais da cor verde-escuros, frutas cítricas, nozes e castanhas, abacate, entre outros. 

 

E, por fim, o Iodo. Este mineral é também essencial para mulheres que querem engravidar. Ele é responsável por prevenir infertilidade, pois mantém a produção adequada de hormônios da tireoide. Peixes como salmão, cavala, bacalhau, camarão e atum são ricos no nutriente, que também pode ser encontrado em outros alimentos.

 

Ah, gente, e não esqueçam de incluir hábitos saudáveis, como atividade física e uma boa noite de sono, na sua rotina. E nem preciso falar que o consumo de álcool e cigarro devem ser evitados, né!